Pub

O novo dirigente, que encabeçava a única lista candidata à presidência da federação do PS, reconheceu que “o seu maior desafio será a preparação das próximas autárquicas”, trabalho que irá desenvolver “em articulação com as 16 concelhias do Algarve, e que se iniciará logo após o XIV Congresso Regional do PS/Algarve, marcado para 30 de junho.”

O também presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel promete “relançar o Partido Socialista num processo mais plural e aberto à sociedade civil” para “superar os desafios que o Algarve enfrenta” e estabelecer uma relação estreita com as distintas estruturas partidárias e os militantes para preparar as futuras autárquicas.

António Eusébio considerou que a participação no ato eleitoral de sábado aumentou 20% em relação à anterior eleição para a liderança do PS/Algarve, o que evidenciou “uma forte mobilização interna para o novo ciclo político que agora se inicia”.

Rúben Oliveira com Lusa
Pub