Pub

O Movimento da Mensagem de Fátima (MMF) no Algarve reuniu-se no passado sábado em Assembleia Diocesana no salão da paróquia de São Luís de Faro.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A iniciativa do Secretariado do MMF da Diocese do Algarve, participada por cerca de 60 pessoas de vários pontos do Algarve, teve início, após o acolhimento com a recitação do rosário, seguindo-se a reflexão do padre Carlos Azevedo, capelão do Hospital D. Estefânia, onde há 100 anos morreu a vidente de Fátima Jacinta Marto.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A manhã prosseguiu com a celebração da eucaristia presidida por aquele sacerdote e, depois do almoço, teve lugar a apresentação do relatório de atividades do último ano 2018/2019 e o programa para 2019/2020.

O Movimento da Mensagem de Fátima é uma associação pública de fiéis, com personalidade jurídica pública, ereta pela Conferência Episcopal Portuguesa, com caráter nacional.

Capelão do Hospital D. Estefânia: “A Jacinta não é santa porque viu Nossa Senhora”

Pub