Pub

A moção foi aprovada com 17 votos a favor, 14 contra e uma abstenção, segundo disse à agência Lusa na sexta-feira à noite fonte do PS/Faro, partido que apresentou a moção.

Macário Correia foi condenado pelo Supremo Tribunal Administrativo (STA) à perda de mandato, em junho, mas mantém-se na autarquia até se esgotarem os recursos de que dispõe para tentar contrariar a decisão.

Em causa estão ilegalidades cometidas quando ainda era presidente da Câmara de Tavira, referentes a licenciamentos de obras particulares.

Lusa

Pub