Breves
Inicio | Sociedade | Associação de Músicos de Faro vai ocupar antiga Fábrica da Cerveja

Associação de Músicos de Faro vai ocupar antiga Fábrica da Cerveja

Fabrica_cerveja_faroA Associação Recreativa e Cultural de Músicos de Faro tem uma ação de despejo definitiva marcada para 31 de março de 2014 e enquanto não constrói a nova sede vai ocupar de forma “temporária” a antiga Fábrica da Cerveja.

Há três anos, a Associação Recreativa e Cultural de Músicos (ARCM) foi alvo de uma ação de despejo das instalações onde funciona há cerca de 20 anos e onde dezenas de bandas ensaiavam.

O prazo limite para abandonar as instalações é o próximo dia 31 de março.

A solução encontrada para a ARCM manter as atividades musicais e ter tempo de construir a nova sede passou pela Câmara de Faro ceder, temporariamente, o espaço da antiga Fábrica da Cerveja, um imóvel adquirido pela autarquia para um futuro Museu de Arte Contemporânea, projeto que nunca se concretizou.

“Encontrámos uma solução temporária na Fábrica da Cerveja (…), uma ocupação temporária para que as bandas e atividades e tudo o que acontece, e que é uma referência em termos associativos e culturais, não fique sem teto, sem casa”, declarou hoje à agência Lusa o vice-presidente da Câmara de Faro, Paulo Santos.

O autarca referiu ainda que a antiga Fábrica da Cerveja necessita de “algumas obras de adaptação” e que vão ser da responsabilidade da ARCM, mas salvaguardou que a Câmara de Faro também iria ajudar no que pudesse para que as bandas possam ensaiar com condições.

A Câmara Municipal de Faro cedeu, este ano, um terreno na Horta do Ferragial para a ARCM construir a sua nova sede.

Os sócios da ARCM reuniram-se este domingo, em assembleia geral extraordinária, para preparar o realojamento na Fábrica da Cerveja e, por outro lado, preparar a saída da atual sede, que dispõe de 18 salas de ensaio, estúdio de gravação e uma sala de espetáculos preparada para acolher concertos, teatro e outros eventos.

A disponibilização da antiga Fábrica da Cerveja pela autarquia de Faro começa a partir de dezembro, informam os sócios, apelando ao apoio das “instituições competentes, sócios, amigos e comunidade” para ajudar na “limpeza, obras de adaptação, construção de salas de ensaio e restante infraestrutura técnica necessária à atividade” na antiga Fábrica da Cerveja.

com Lusa

Verifique também

Fogo em Aljezur ficou dominado ontem à noite

O incêndio que deflagrou na tarde de ontem numa zona de mato em Monte Clérigo, …