Pub

Augusto Miranda, o responsável pela organização ‘Allgarve’ que vai trabalhar como uma equipa constituída por Osvaldo Ferreira, maestro titular da Orquestra do Algarve e director artístico do Festival Internacional de Música do Algarve, Nuno Faria, ex-subdirector do Instituto de Arte Contemporânea do Ministério da Cultura e antigo consultor do serviço de Belas-Artes da Fundação Calouste Gulbenkian e Renato Costa, gastrónomo autor do conceito de ‘cozinha intemporal’.

O produtor e gestor cultural Pedro Bartilotti, também director da Sociedade Artística Farense, completa a equipa na área de animação
.
"A pouco mais de um mês do arranque da quarta edição do Allgarve, o programa que este ano se estende no tempo – começa em Fevereiro e termina em Novembro – conhece os seus próximos programadores para as áreas de música, jazz, gourmet, arte contemporânea e arte de rua", lê-se no comunicado de imprensa.

O programa de animação ‘Allgarve’ para 2010 arranca em Fevereiro, prolonga-se até Novembro e vai ter mais eventos do que os 65 de 2009, anunciou recentemente o secretário de Estado do turismo, Bernardo Trindade.

O ‘Allgarve’ surgiu em 2007 por iniciativa do Ministério da Economia para diversificar a oferta de lazer do destino.

O primeiro triénio do programa ‘Allgarve’ (2007/2009) arrancou em sete municípios algarvios e com 50 eventos em 2007, mas em 2009 registou-se um processo evolutivo, com um aumento para 65 eventos espalhados por 75 locais em 11 municípios algarvios, adiantou o Turismo de Portugal.

O ano de 2010 fica marcado por ser a primeira vez que cabe ao Turismo do Algarve a gestão do programa ‘Allgarve’.

Pub