Pub

Em declarações à agência Lusa, Macário Correia garantiu que hoje não recebeu a missiva assinada pelos ministros Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, e das Finanças, Vítor Gaspar, e enviada a todas as autarquias do país a solicitar informação precisa sobre as suas dívidas.

A informação deve ser prestada à Inspeção-Geral das Finanças no prazo de 15 dias, mas Macário Correia mostrou-se surpreso com o pedido, por considerar que o Governo conhece a situação, uma vez que os dados são enviados regularmente pelas câmaras à Direção-Geral das Autarquias Locais e à Direção-Geral do Orçamento.

"Não recebi carta nenhuma. Ou estará no correio ou extraviada", afirmou o autarca, que preside também à Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), frisando que falou com outros colegas e "nenhum a recebeu".

Macário Correia afirmou que "há muito tempo que as autarquias fornecem os dados sobre a dívida", mas mostrou-se "disponível para prestar qualquer informação adicional" que o Governo solicite.

"Não ocultámos nada. Não sei do que precisarão, porque a informação é conhecida. E o Governo vem falando da dívida das autarquias há já algum tempo, por isso conhece a situação", afirmou o autarca, que espera por conhecer o teor da missiva, sem ser pela imprensa.

Lusa
Pub