Pub

"A autarquia atravessa uma grave situação financeira e só com uma gestão equilibrada, transparente e competente é que se pode inverter a situação", defendeu hoje o candidato socialista.

O candidato autárquico manifestou-se "confiante na equipa proposta para gerir um município à beira do precipício, no sentido de implementar um projeto estruturante, assente em valores de transparência e equidade e pensado para as pessoas".

"Num concelho com graves problemas sociais e económicos, há que promover a criatividade e o empreendedorismo e reforçar a ação social", observou.
Fernando Serpa, de 51 anos, é militante socialista desde 1990 e ocupa atualmente o cargo de vereador na Câmara de Silves, para o qual foi eleito nas listas do PS em 2009.

O candidato autárquico socialista tem já como adversários conhecidos, na corrida à Câmara de Silves, o atual presidente da autarquia, Rogério Pinto (PSD), e os professores David Marques (BE) e Rosa Cristina Palma (CDU).

Nas eleições autárquicas de 2009, o PSD venceu as eleições com 39,54% dos votos (três mandatos), mas perdeu a maioria conquistada em 2005, o PS obteve 31,89% (três mandatos) e o PCP/PEV 18,67% (um mandato).

O BE alcançou 5,88% dos votos e não conseguiu obter qualquer mandato.

No distrito de Faro, das 16 câmaras, o PSD lidera nove e o PS sete.

Lusa

Pub