Pub

Nelson Freitas propõe-se, "com uma equipa representativa dos diversos setores da sociedade, modificar a estagnação, inverter o descalabro financeiro em Portimão e tomar um novo caminho com trabalho, honestidade e confiança".

Segundo o candidato, a sua candidatura visa "reforçar o poder local através da defesa dos interesses coletivos e individuais".

Nelson de Freitas, de 59 anos, técnico de instalações elétricas, é membro da comissão concelhia de Portimão e da Direção da Organização Regional do Algarve (DORAL) do PCP, tendo desempenhado as funções de delegado sindical entre 1982 e abril deste ano.

O candidato autárquico tem já como adversários conhecidos na corrida à Câmara de Portimão os professores Isilda Gomes (PS) e João Vasconcelos (BE) e os empresários José Pedro Caçorino (CDS-PP) e Pedro Xavier (PSD).

O atual presidente da Câmara, Manuel da Luz (PS), está fora da corrida autárquica devido à lei de limitação de mandatos.

Nas últimas eleições autárquicas, em 2009, o PS obteve 55,49% dos votos (cinco mandatos) e o PSD 25,13% (dois mandatos).

O BE alcançou 6,31% dos votos, o PCP/PEV (5,93%) e o CDS-PP (4,31%), partidos que não conseguiram obter quaisquer mandatos.

Lusa

Pub