Pub

“Há bastantes anos que não se cria em Faro um espaço para as pessoas da terceira idade”, assinalou o candidato do PPV, Vítor Silva, no âmbito da campanha eleitoral para as eleições autárquicas do próximo domingo, dia 29

Para o candidato Vítor Silva é urgente criar lares de idosos na capital algarvia, porque o que existe está cheio, assim como é necessário criar um sistema de contacto diário para as pessoas que vivem sozinhas em casa sem apoio

“Como é que não há um sistema de contacto diário com as pessoas para saber se elas estão bem”, questionou o candidato, sugerindo que bastaria um telefonema para fazer sentir estas pessoas “mais acompanhadas” todos os dias

Vítor Silva lamenta, também, que não exista um rastreio sobre o número de pessoas idosas que vivem sozinhas na cidade

“Por vezes há pessoas, como já tem acontecido, que morrem e ficam em casa durante uns três dias e depois é que se nota que fulano não aparece”. (…) Já têm morrido pessoas aqui em Faro e que só passados três ou quatro dias é que se nota a ausência delas”, alertou, adiantando que todas as pessoas vão envelhecendo e que cada vez haverá mais problemas de solidão

A solidão “é uma das coisas que me aflige bastante: como é que não há um sistema de contacto diário com as pessoas para saber se elas estão bem”, questionou o candidato, sugerindo que bastaria um telefonema para fazer sentir estas pessoas “mais acompanhadas”

Além de Vítor Silva, que se candidata pelo PPV, estão na corrida para a Câmara de Faro o social-democrata Rogério Bacalhau (PSD/CDS-PP/MPT/PPM), Paulo Neves (PS), o independente José Vitorino, António Mendonça (CDU) e Vítor Ruivo (BE)

Lusa

Pub