Pub

Em causa está, segundo a candidatura de Rui Eusébio, uma “burla” e “manobra covarde” dos responsáveis pela aquisição do domínio na Internet www.ruieusebio2013.pt, que ao ser acedido abria uma hiperligação para o ‘site’ da candidatura “Seguimos Juntos Por São Brás de Alportel”, encabeçada pelo atual vice-presidente da Câmara, Vítor Guerreiro, que é o primeiro nome da lista do PS á autarquia algarvia

Mas Vítor Guerreiro disse á agência Lusa que a sua candidatura “repudia veementemente” as insinuações e acusações do PSD e do seu candidato” e que está “tranquilo” relativamente á queixa apresentada pela candidatura rival junto da Comissão Nacional de Eleições (CNE)

“A candidatura do Rui Eusébio e o PSD de São Brás de Alportel já apresentaram queixa na Comissão Nacional de Eleições e vão desenvolver todas as diligências ao seu alcance para que as autoridades policiais investiguem e punam o responsável, ou responsáveis por esta tentativa de burla ao eleitorado”, lê-se num comunicado da candidatura social-democrata

O texto do comunicado refere ainda que esta é uma “tentativa de confundir o povo de São Brás de Alportel” e “uma manobra covarde, de desespero, sem escrúpulos e característica de quem não sabe viver em democracia”

O comunicado sugere á “candidatura adversária e ao partido que a suporta” que se “demarquem publicamente e repudiem esta situação, assumindo o compromisso de também tudo fazer para desmascarar esta tentativa de embuste aos são-brasenses”

Na queixa enviada para a CNE, a que a Lusa teve acesso, o diretor de campanha da lista de Rui Eusébio, Gonçalo Mesquita, escreveu que “a candidatura protagonizada pelo PS tinha uma ligação á sua página da internet (Seguimos Juntos por São Brás de Alportel) através da busca ‘www.ruieusebio2013.pt’, mas “já não se consegue acesso”

O diretor da campanha do PSD adiantou que inseriu na queixa dois ficheiros com imagem retirada de um ‘Ipad’ para os membros da CNE “poderem comprovar o que vergonhosamente se verificava” e onde é visível a página da candidatura de Vítor Guerreiro com o domínio www.ruieusebio2013.pt visível

Acrescentou ainda os dados de registo do domínio, onde são visíveis os nomes do titular e da entidade gestora do ‘site’

“Esta não é a forma de atuação nem da nossa candidatura nem do PS. E já estamos também a investigar como aconteceu essa situação e vamos saber a verdade dentro de alguns dias”, afirmou Vítor Guerreiro, referindo que tem especialistas informáticos a trabalhar para identificar o autor do registo desse domínio, que “pode se uma pessoa ou outra candidatura”

A Lusa tentou obter esclarecimentos da CNE sobre a queixa apresentada pelo PSD de São Brás de Alportel, mas até ao fim da manhã ainda não tinha obtido resposta

Lusa

Pub