Pub

“Nos tempos que correm, não me pareceu positivo montar uma estrutura muito mais dispendiosa e sofisticada do que esta. É pequena, mas certamente que será de grande utilidade para todos os que aqui quiserem vir”, afirmou o atual presidente da Câmara de Faro, que concorre numa plataforma coligada de PSD, CDS-PP, MPT e PPM.

Rogério Bacalhau, que falava durante a abertura da sede de candidatura no Jardim da Alagoa, na baixa de Faro, sublinhou que uma das preocupações da campanha às eleições autárquicas de 29 de setembro “foi e será não empregar meios desajustados em relação aos tempos difíceis” que se vivem.

“Os políticos devem dar o exemplo e serem eles os primeiros a mostrar comedimento, sobretudo neste tipo de ações de campanha eleitoral”, disse o candidato, ressalvando que poderá haver quem discorde e destacando a esperança de que a candidatura seja bem-sucedida, mesmo que em “desigualdade de meios”.

Ao mesmo tempo, Rogério Bacalhau, que apresentou Jorge Leitão como mandatário, disse que a partir deste momento a campanha se vai intensificar em termos de número de ações realizadas.

Lusa

Pub