Pub

Intitulada “Off Road Park”, a pista que respeita o relevo do terreno, tem uma extensão de cerca de seis quilómetros, ocupa uma área de 317.000 metros quadrados, com zonas de riachos artificiais e de obstáculos, e permite adaptar diversos tipos de traçado, entre os quais um circuito para motos de provas de enduro e motos 4×4.

O novo circuito, cujo investimento ascendeu a cerca de 600 mil euros, foi inaugurado pelo piloto português Filipe Campos, que em 2010, ao volante do BMW X3 da equipa Yser Racing Team, se sagrou campeão nacional Absoluto, vencendo também a Categoria T1.

Segundo Paulo Pinheiro, administrador do AIA, “era esta a valência que faltava na concretização do Algarve Motor Park, que agora fica completa” na componente de desportos motorizados.

“À exceção do parque tecnológico, falta concluir a parte imobiliária dos apartamentos e do hotel para completarmos 90 por cento do autódromo”, observou aquele responsável.

O administrador do AIA, considera que o Parque Tecnológico “é um produto muito específico e o enquadramento mundial, neste momento, não é o ideal, mas as negociações decorrem com várias marcas e espera-se para breve boas notícias”.

Para Paulo Pinheiro, a nova estrutura hoje inaugurada “será um grande pólo dinamizador para o autódromo, porque permite acolher vários tipos de máquinas e pilotos para testes dos seus veículos de competição, não só carros, como também de motas”.

Por seu turno, o piloto português Filipe Campos classificou o novo circuito como um dos melhores para testes, dadas as suas caraterísticas, apontando apenas a falta de uma zona rápida.

“[A pista] é bastante sinuosa e lenta, mas conseguimos tirar um prazer enorme da condução. Falta a parte onde poderemos andar mesmo depressa com curvas de apoio. Talvez um serpenteado para afinar ainda melhor as coisas, e aí sim, terá uma pista perfeita”, destacou o campeão nacional de todo-o-terreno.

O novo circuito junta-se às estruturas já existentes de apoio à pista principal, prevendo-se a sua utilização para testes de veículos desde os todo-o-terreno, aos utilitários desportivos (SUV – Sport Utility Vehicles), passando pelos de ralis.

Além da pista principal, o Algarve Motor Park tem em funcionamento o Kartódromo Internacional do Algarve, as zonas comercial e de restauração, o Parque Tecnológico e a Central Fotovoltaica.

Em fase de conclusão encontra-se o complexo turístico de luxo, composto por um hotel de cinco estrelas, com 194 quartos e 160 apartamentos divididos por sete blocos, de diversas tipologias que, segundo a administração, “deverá ficar concluído durante este ano”.

Lusa

Pub