Pub

Caravanismo_ilegalO Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) informou no sábado ter fiscalizado nos últimos dias mais de 70 autocaravanas em zonas do Algarve usadas pelos autocaravanistas para aparcar, embora alguns sejam locais não autorizados.

Em comunicado, o SEF adianta que, em conjunto com a GNR e com a Polícia Marítima, fiscalizou, na quinta e sexta-feira, em Armação de Pera e Quarteira, 73 autocaravanas, tendo identificado 99 cidadãos estrangeiros.

Em ambas as ações, os cidadãos identificados eram portugueses ou de países da União Europeia, não tendo, por isso, sido detetadas irregularidades de permanência no país.

No entanto, a GNR e a Polícia Marítima informaram os autocaravanistas sobre os locais onde não é autorizado aparcar e, em alguns casos, autuaram os condutores que estavam a transgredir a lei.

Estas ações do SEF decorreu no âmbito da missão de controlo da permanência de cidadãos estrangeiros no país, o que inclui a fiscalização de autocaravanas que, nesta época do ano, acorrem em grande número à região do Algarve.

Em janeiro, quatro entidades algarvias anunciaram a criação de uma rede organizada de acolhimento ao autocaravanismo no Algarve, o que permitirá combater o estacionamento desregrado, nomeadamente em zonas de risco, como arribas ou dunas.

O objetivo é também aumentar o número de espaços apropriados, já que atualmente existem apenas 12 com boas condições na região, o que é insuficiente para a procura.

A época alta do caravanismo no Algarve decorre nos meses de inverno e primavera.

Pub