Inicio | Sociedade | Bispo do Algarve defende modelo “integrador” de acolhimento aos refugiados

Bispo do Algarve defende modelo “integrador” de acolhimento aos refugiados

Foto © Lusa
Foto © Lusa

Recorde-se que, antes de seguir para a visita ad Limina, o bispo diocesano pediu aos responsáveis pelos organismos da Pastoral Social da diocese que encontrem “caminhos de resposta” para o “acolhimento e apoio aos refugiados”.

Em declarações ao Folha do Domingo no âmbito da última visita ad Limina, D. Manuel Quintas refere que os bispos portugueses manifestaram ao Papa Francisco “abertura e disponibilidade” para corresponder ao seu apelo no acolhimento aos refugiados.

A Diocese do Algarve, refere, “está aberta a colaborar na resolução deste problema, na medida das nossas possibilidades, com o envolvimento das comunidades paroquiais e, naturalmente, em parceria com quantos se unem para encontrar respostas para esta situação. Não faz sentido criar espaços delimitados para acolher os refugiados. Isso poderia originar a criação de guetos, e dificultar a sua integração na sociedade. Não podemos defraudar a esperança de quem procura segurança, estabilidade e melhores condições para a sua vida e da sua família” referiu.

Verifique também

Insólito: Solo “engole” carro em Olhão devido ao rebentamento de uma conduta

O rebentamento de uma conduta na via pública, em Olhão, provocou hoje a queda de …