Breves
Inicio | Sociedade | Bispo do Algarve manifesta a “proximidade” da Igreja algarvia às vítimas do temporal

Bispo do Algarve manifesta a “proximidade” da Igreja algarvia às vítimas do temporal

Foto © Luís Forra/Lusa
Foto © Luís Forra/Lusa

O bispo do Algarve lembrou esta noite as vítimas do temporal que se abateu sobre a região no passado domingo e que originou grande destruição, sobretudo no concelho de Albufeira, causando até a morte de uma pessoa naquele concelho.

D. Manuel Quintas iniciou a missa de sufrágio pelos bispos do Algarve falecidos, a que presidiu na Sé de Faro, tendo presente todos os que estão a sofrer por causa da tempestade. “Nesta eucaristia não podemos esquecer todos aqueles que foram vítimas das intempéries de domingo passado. Todos nós, certamente, que nos emocionámos com as imagens que nos chegaram através da televisão diante da violência da chuva, das águas que causaram grande devastação e provocaram grande sofrimento a muitas famílias e muitas pessoas. Queremos hoje, através da nossa oração, exprimir também a nossa proximidade com cada uma delas”, afirmou o prelado.

As chuvas intensas que se abateram sobre Albufeira no último domingo causaram inundações que afetaram sobretudo o centro da cidade, destruindo estradas e viaturas e devastando estabelecimentos comerciais.

A dimensão dos estragos, que ainda não estão quantificados, já levou o presidente da Câmara de Albufeira a pedir ao Governo a declaração do estado de calamidade pública.

Verifique também

Menos de um ano depois do início da operação já não há trotinetes no Algarve

Dez meses depois de terem sido anunciadas como uma mais valia para a promoção da …