Pub

Se nas últimas eleições presidenciais, Aníbal Cavaco Silva havia arrancado 73,06 por cento dos votos, num universo de 2.408 votantes, passados cinco anos o candidato arrecada 74,4 por cento dos votos, num universo de 2.011 votantes, ou seja obteve mais 1,38 por cento em 2011.

O candidato Manuel Alegre, o segundo mais votado em Boliqueime, recebeu 9,56 por cento dos votos naquela freguesia, descendo 3,04 por cento em relação às eleições de 2006.

O candidato apoiado pelo PS e pelo Bloco de Esquerda havia obtido, em 2006, 11.91 por cento dos votos.

O independente Fernando Nobre, o terceiro mais votado na terra que viu nascer em julho de 1939 Cavaco Silva, teve 8,87 por cento, com 167 votos.

O candidato comunista Francisco Lopes obteve 3,77 por cento de votos, José Coelho 2,6 por cento e Defensor Moura 0,8 por cento.

Setenta pessoas votaram em branco e contabilizaram-se 58 votos nulos.

Cavaco Silva ganhou também sem surpresa no distrito de Faro com 52,27 por cento dos votos enquanto Manuel Alegre, o segundo mais votado, desceu a sua posição em relação às últimas eleições presidenciais.

Lusa

Pub