Pub

Numa partida disputa em ritmo de treino, o técnico Jesualdo Ferreira apresentou apenas algumas alterações no eixo da defesa, em relação aos jogos anteriores, com Miljkovic, Hebert, Paulo Vinicius e Joãozinho, deixando antever aquele que será o "onze" titular.

Os minhotos entraram melhor na partida, assumindo o domínio do jogo, diante de uma equipa recentemente promovida à primeira liga inglesa, pouco consistente no meio-campo e pouco agressiva no ataque.

O Sporting Braga foi a equipa que andou sempre mais perto do golo e, até ao descanso, Pardo, Salvador e Edinho tiveram nos pés oportunidades para abrir o marcador, a melhor das quais, protagonizada por Edinho, aos 32 minutos, que, isolado, foi incapaz de evitar a intervenção do guarda-redes britânico.

A primeira oportunidade dos bracarenses surgiu aos 13 minutos, num lance de contra-ataque, em que Pardo, na zona frontal da baliza, rematou por cima. Aos 24 minutos, Salvador, na marcação de um livre, obrigou o guarda-redes a defesa de recurso.

Na segunda parte, à semelhança do que aconteceu em jogos anteriores, o jogo caiu de qualidade, com os ingleses a aproveitarem a quebra de rendimento dos minhotos para fazerem investidas à área, mas sem perigo.

Aos 67 minutos, o Sporting de Braga voltou a criar perigo, naquela que foi a melhor oportunidade do segundo tempo, com Yazalde isolado a não conseguir ultrapssar o guarda-redes britânico.

Durante o estágio no Algarve, o Sporting de Braga realizou quatro encontros de preparação, tendo vencido o Sheffield Wednesday (3-1) e o Farense (1-0), empatando sem golos com Bétis de Sevilha e Hull City.

Lusa

Pub