Breves
Inicio | Ambiente | Câmara de Lagoa reforça recolha de lixo no verão para evitar acumulação nas ruas

Câmara de Lagoa reforça recolha de lixo no verão para evitar acumulação nas ruas

© Lusa
© Lusa

A Câmara de Lagoa vai promover a recolha contínua de resíduos, de segunda-feira a domingo, a partir de julho, para evitar a acumulação de lixo nas ruas quando a população mais aumenta.

Em comunicado, a autarquia adiantou que o aumento da frequência da recolha dos contentores atingirá o seu ponto máximo entre 01 de julho e 14 de setembro, altura em que a recolha será ininterrupta, das 05:00 às 12:00, embora entre 01 e 30 de junho já haja reforço, com recolha de segunda a sexta-feira, das 05:00 às 12:00, e ao sábado, das 05:00 às 11:00.

O alargamento vai implicar a realização de 2.787 horas extraordinárias pelos trabalhadores afetos ao serviço de recolha de resíduos, correspondendo a um custo adicional de cerca de 12.700 euros, valor que se soma aos 185.000 euros gastos na compra de uma nova viatura de recolha.

O plano da Câmara de Lagoa visa diminuir o impacto na deposição dos resíduos urbanos que habitualmente se verifica no período de verão, evitando a acumulação de detritos nas ruas como aconteceu em algumas zonas turísticas do Algarve no verão passado, devido ao inesperado aumento de turistas.

Segundo a autarquia, parte significativa da falta de recolha atempada diz respeito aos vidros, embalagens, papéis e cartão, cuja responsabilidade é da competência da empresa Algar, que se “comprometeu a reforçar os seus meios humanos e equipamentos” e melhorar a limpeza dos ecopontos, evitando a deposição de resíduos no seu exterior.

Para evitar o estacionamento desordenado junto aos contentores, que impede muitas vezes a deposição dos resíduos, a autarquia colocou sinalização vertical frente aos equipamentos para permitir às autoridades policiais “uma intervenção mais eficaz sobre os infratores”.

Com estas medidas, o município de Lagoa quer ainda alertar os cidadãos para a importância das boas práticas ambientais, estando previstas ações de sensibilização porta a porta com os comerciantes.

O município adianta que vai reforçar a fiscalização, de forma a garantir o cumprimento “das normas e recomendações resultantes dessas mesmas campanhas, estando previstas ações fora do habitual período de trabalho”.

Verifique também

Novo contrato de concessão entre o Estado e a Águas do Algarve já foi assinado

O ministro do Ambiente veio na quarta-feira ao Algarve presidir à cerimónia de assinatura do …