Inicio | Educação | Câmara de Monchique atribui 90 mil euros em bolsas de estudo

Câmara de Monchique atribui 90 mil euros em bolsas de estudo

"No atual momento de grave crise económica e financeira, a autarquia assumiu como prioridades os apoios às famílias carenciadas e aos estudantes do concelho", disse hoje o presidente da Câmara de Monchique, Rui André (PSD).

De acordo com o autarca, os apoios, e nomeadamente as bolsas de estudo, "têm uma importância social acrescida, ao facilitar o acesso a áreas essenciais da vida, como o ensino e a formação profissional".

A Câmara de Monchique tem aumentado a atribuição do número de bolsas de estudo, passando das 19 bolsas em 2008 para as 37 em 2012.

"As dificuldades económicas afetam os agregados familiares e constituem um sério obstáculo ao prosseguimento dos estudos por parte dos jovens. Em Monchique ainda se sentem mais as dificuldades por ser um município com características rurais", destacou Rui André.

As bolsas de estudo são atribuídas anualmente a alunos residentes no concelho que não dispõem de meios suficientes para suportarem os encargos com a frequência do ensino superior.

Ao longo de 10 meses, é concedida uma verba mensal máxima correspondente a 242,5 euros – metade do salário mínimo nacional -, totalizando 2.425 euros por ano, aos alunos que ingressem ou frequentem estabelecimentos de ensino superior reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Lusa

Verifique também

Pioneiros e Marinheiros algarvios do CNE celebraram Dia da III Secção em Ferragudo

Realizou-se nos passados dias 10, 11 e 12 deste mês em Ferragudo a atividade escutista …