Inicio | Política | Câmara de Vila Real de Santo António compensa pescadores da Manta Rota pelo mau tempo

Câmara de Vila Real de Santo António compensa pescadores da Manta Rota pelo mau tempo

A Câmara de Vila Real de Santo António vai atribuir um apoio de 6.500 euros à Associação de Pesca da Manta Rota, na freguesia de Vila Nova de Cacela, para “minimizar os prejuízos provocados pelas intempéries” em março, anunciou hoje o município.

A autarquia algarvia, uma das 16 do distrito de Faro, justificou o apoio com os muitos dias de mau tempo registados no litoral do Algarve em março, que “destruíram boa parte das suas artes” e “impediam os pescadores de regressar ao mar”, não havendo atualmente “linhas de financiamento que lhes permitissem dar continuidade à sua atividade profissional ou apoiar a compra de novo material”.

“Por outro lado, a circunstância de estarem impedidos de regressar à faina colocava em risco a renovação das licenças, já que estas obedecem a uma quota mínima de faturação”, frisou a mesma fonte num comunicado, precisando que o valor total do apoio, aprovado por unanimidade, vai ser distribuído pela associação de pesca por todas as embarcações da Manta Rota.

Citada no comunicado, a presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, disse que a autarquia “não podia ficar indiferente” às “dificuldades dos pescadores da Manta Rota em retomar a sua atividade” e “garantir a subsistência das suas famílias”, por isso aprovou o apoio para que estes profissionais “possam adquirir novas artes e assim retomar a sua normal atividade”.

Verifique também

Parlamento rejeita fim de portagens na Via do Infante

A Assembleia da República rejeitou hoje, com votos contra de PS e PSD, quatro projetos …