Inicio | Sociedade | Cardeal-patriarca enumerou as “três maiores vitórias” da humanidade no século XX

Cardeal-patriarca enumerou as “três maiores vitórias” da humanidade no século XX

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O cardeal-patriarca de Lisboa considera que as “três maiores vitórias” da humanidade no século XX foram protagonizadas por “homens que fizeram a paz”.

D. Manuel Clemente, que veio ao Algarve nos dias 24 e 25 do mês passado apresentar a última exortação do papa Francisco, considerou no primeiro dia em Faro que Mahatma Gandhi, Martin Luther King e Nelson Mandela foram os protagonistas num século disse ter sido marcado por “guerras com um potencial destrutivo como nunca houve, países destroçados e ideologias que, todas elas, iam salvar o mundo e deixaram-no pior do que estava”.

O cardeal-patriarca lembrou que a união indiana foi conseguida por Mahatma Gandhi, que não era cristão, mas que disse ser “um apaixonado por Jesus Cristo e pelo evangelho” e “não tanto pelos cristãos”. “Conseguiu fazer aquele país, que é maior do que alguns continentes como a Austrália e mesmo a Europa, sem violência. Quando queria ultrapassar os inimigos, jejuava”, observou, lembrando que a Luther King se deve a conquista dos direitos cívicos nos EUA e a Nelson Mandela o fim do apartheid na África do Sul.

“Bem-aventurados os que fazem a paz. Resulta! O que é que falta para a gente se convencer disto, do poder da bem-aventurança? Costuma-se dizer que contra factos não há argumentos. Gandhi, Luther King e Mandela são factos e, certamente, são das melhores páginas do século XX, comparadas com as desgraças da primeira e da segunda guerras mundiais e outras. Do século XX e, infelizmente, já do século XXI”, concluiu no salão da paróquia de São Luís perante cerca de 750 pessoas presentes.

Verifique também

PJ deteve suspeito de atear vários fogos em Santa Catarina da Fonte do Bispo

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou no sábado a detenção de um homem de 25 anos …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.