Breves
Inicio | Sociedade | Cáritas Diocesana do Algarve mudou de instalações

Cáritas Diocesana do Algarve mudou de instalações

Bencao_instalacoes_provisorias_caritas (6a)
Foto © Ana Sofia Pereira

A Cáritas Diocesana do Algarve passou para novas instalações em Faro que foram benzidas pelo bispo do Algarve no passado dia 3 deste mês.

A mudança deveu-se ao estado de degradação da casa onde aquela instituição da Igreja Católica funcionava há vários anos. A parte traseira do edifício do século XIX já ruiu há cerca de quatro anos, registando-se apenas danos materiais, e as divisões que restaram para utilização pela Cáritas apresentam um, cada vez maior, risco de derrocada. “Já várias vezes a autarquia, através do seu gabinete técnico, visitou as instalações e nos alertou para o perigo que a casa oferece”, contou o presidente da instituição na celebração.

Bencao_instalacoes_provisorias_caritas (1)
Foto © Samuel Mendonça

“Para evitar males maiores procurámos um mal menor, mudando para instalações que não são as adequadas porque não vão albergar todas as respostas sociais que temos”, acrescentou Carlos Oliveira, explicando que a nova sede só irá incluir os serviços técnicos e administrativos. “As outras valências – Roupeiro Social, Refeitório Social, Casa da Mãe e balneários – vão continuar ali porque têm um período muito limitado de utilização”, justificou.

Aquele responsável destacou ainda outro aspeto desta mudança. “Quão importante, porque motivador, é termos um novo ambiente revestido de melhores condições para que nos possamos dedicar melhor a quem no dia-a-dia nos procura”, afirmou.

Ao Folha do Domingo, o presidente da Cáritas algarvia concretizou que uma das grandes vantagens desta mudança “tem a ver com uma maior funcionalidade dos serviços” e com a privacidade no atendimento que a antiga sede “não permitia”.

Bencao_instalacoes_provisorias_caritas (4)
Foto © Samuel Mendonça

Na celebração da bênção, Carlos Oliveira disse ainda esperar que esta alteração, que desejou “temporária”, possa “contribuir para a congregação de esforços de muitos para que a sede definitiva da Cáritas Diocesana possa vir a ser uma realidade”. Ao Folha do Domingo, aquele dirigente explicou que o próximo passo é a definição do futuro do edifício da antiga sede por parte do Seminário de São José que é o seu proprietário e da Diocese do Algarve.

Bencao_instalacoes_provisorias_caritas (5)
Foto © Samuel Mendonça

O presidente da Cáritas não descarta a possibilidade de construção de uma sede nova no mesmo espaço, acrescentando existir até um projeto preliminar. “O que nos disseram por parte da autarquia é que a fachada tem de ficar, mas o interior pode ser demolido porque não está em condições de qualquer tipo recuperação”, afirmou, salvaguardando que a decisão caberá às instâncias diocesanas. “Se quiserem dar outra finalidade ao edifício, iremos para outro local”, admite, evidenciando ser até para a Cáritas “mais vantajoso que a sede e todas as valências estejam concentradas”, ou seja, no mesmo terreno onde já existe o infantário ‘O Despertar’, junto à Casa dos Rapazes.

Na celebração de bênção, o bispo do Algarve desejou que as novas instalações contribuam para “realizar melhor a missão que a Cáritas tem”. “Gostaria que aqueles que vão trabalhar aqui, mesmo que não estejam em contacto direto com aqueles que são os mais necessitados, sentissem no seu serviço também a realização da vocação e missão de fazer o bem sem olhar a quem”, pediu D. Manuel Quintas, manifestando o seu reconhecimento e o da diocese “por todo o serviço que a Cáritas realizou, realiza e há de continuar a realizar”.

Bencao_instalacoes_provisorias_caritas (14)As instalações provisórias, que foram arrendadas, situam-se na mesma rua Brites de Almeida, quase em frente da antiga sede, no rés-do-chão de um edifício onde antigamente funcionou o Centro de Saúde de Faro.

Verifique também

5.500 motociclistas já entraram na 36.ª Concentração de Motos de Faro

Cerca de 5.500 motociclistas tinham entrado ontem até às 17:30 no recinto de Vale das …