Pub

A loja, na rua Dr. João Lúcio (junto aos antigos Correios da Pontinha) tem à venda, para além de doces caseiros, roupa de adulto e de criança, sapatos de adulto, livros infantis, bem alguns artigos de puericultura e brinquedos, tudo a preços simbólicos, uma vez que se tratam de produtos novos. Os artigos mais baratos custam dois euros e os mais caros chegam apenas aos 20 euros.

“Queremos beneficiar aqueles que pouco têm, para que possam viver um Natal um pouco mais felizes”, explicou Carlos de Oliveira ao Folha do Domingo. O presidente da Cáritas Diocesano do Algarve acrescentou que a loja social, destinada a “toda a população”, ficará aberta durante todo o mês de dezembro para que as pessoas que precisam comprar uma lembrança natalícia para os seus familiares o possam fazer sendo solidários com aqueles que mais precisam, com a vantagem de que os produtos são adquiridos a preços muito a baixo do valor de mercado.

Aquele responsável explicou que os artigos à venda foram doados por particulares ou por empresas. “Uma fábrica de Espinho deu-nos roupa de bebé, dos zero aos 24 meses, que vendemos agora a preços baixíssimos entre de cinco a 20 euros”, sustentou.

A loja, onde é igualmente possível adquirir as velas da campanha ’10 Milhões de Estrelas – Um gesto pela Paz’, foi cedida por um empresário da cidade, sendo que à Cáritas algarvia caberá apenas o encargo com a eletricidade.

Samuel Mendonça

Pub