Pub

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

Terminou ontem mais uma edição do Carnaval de Loulé, um dos principais corsos do país, que este ano atraiu dezenas de milhares de visitantes durante os três dias de corso, com destaque para domingo que teve casa cheia.

Mais de 700 figurantes, 17 carros alegóricos e seis escolas de samba saíram à rua para o “Grande Naufrágio”, tema que este ano serviu de mote para o desfile louletano. A Avenida José da Costa Mealha – o “sambódromo de Loulé” – transformou-se num cenário de fantasia, num misto das cenas marcantes do filme “Piratas das Caraíbas”, a vida política e desportiva nacional e a cor e alegria do Carnaval carioca. Os piratas estiveram em toda a parte pois a maioria dos foliões também quis participar na festa vestido a rigor.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

Nas agitadas águas portuguesas, os piratas bem conhecidos dos portugueses como “Gancho” Costa, “Gancho” Passos Coelho, Jerónimo de Sousa, Catarina Martins ou os “maroscas da bola” Jorge Jesus e os presidentes dos três grandes, naufragaram e deram à costa em Loulé para uma paródia marcada pela sátira.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

E se o Carnaval começou de forma morna no sábado, já no domingo foi uma verdadeira enchente na Avenida José da Costa Mealha. Ao contrário da maioria dos corsos do país, os chuviscos que caíram esta terça-feira em Loulé não demoveram a organização e os foliões que saíram à rua para celebrar uma das principais tradições de Loulé.

O Carnaval 2016 encerrou com o público a juntar-se às escolas de samba na altura da saída dos carros alegóricos da Avenida, num momento de muita festa ao som dos batuques da bateria e com uma multidão a sambar.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

Para os responsáveis municipais, o Carnaval de Loulé continua a ser, ano após ano, um evento de referência durante a chamada época baixa do turismo e constituiu uma importante alavanca para as atividades turísticas, nas áreas da restauração, da hotelaria ou outras, atraindo mutos turistas nacionais e estrangeiros. Por outro lado, sublinham a importante projeção mediática do Carnaval, este ano incrementada com a presença do programa televisivo “Somos Portugal”, da TVI, transmitido em direto a partir do centro de Loulé, no passado domingo.

Pub