Breves
Inicio | Cultura | Cerca de 70 mil deram boas-vindas a 2018 com primeiro concerto dos Xutos & Pontapés sem Zé Pedro

Cerca de 70 mil deram boas-vindas a 2018 com primeiro concerto dos Xutos & Pontapés sem Zé Pedro

Foto © Luís Forra/Lusa

Cerca de 70 mil pessoas saudaram efusivamente, em Albufeira, nos primeiros minutos deste novo ano, os Xutos & Pontapés, naquele que foi o primeiro concerto de 2018 e o primeiro sem o guitarrista Zé Pedro.

Passavam 23 minutos da meia-noite, quando se ouviram os primeiros acordes de À Minha Maneira, junto à Praia dos Pescadores, no centro da cidade algarvia, naquele que foi o primeiro concerto sem o guitarrista Zé Pedro, um dos fundadores da banda, que morreu, aos 61 anos, a 30 de novembro de 2017.

Com o recinto esgotado para a celebração da passagem de ano, milhares de pessoas de todas as idades, aguardaram ansiosamente para ouvir a emblemática banda rock, num concerto que começou com cerca de 13 minutos de atraso.

Inicialmente marcado para as 00:10, logo após o fogo-de-artifício, os quatro elementos da banda surgiram em palco 23 minutos depois da meia-noite, onde foram saudados com assobios e aplausos pelos milhares de fãs.

Vítor Ramos, de 56 anos, deslocou-se de Lisboa a Albufeira com os filhos, de 21 e 24 anos, para celebrar a entrada no novo ano “mas, acima de tudo, para ouvir os ‘Xutos’, uma das bandas que marcou a infância de muitos portugueses”.

“Espero que os ‘Xutos’ não acabem depois de sofrerem a perda de um dos seus símbolos e que este seja o primeiro de muitos concertos deste ano”, referiu à Lusa Vítor Ramos.

Uns metros à frente, Cláudia Figueiredo, de 46 anos, manifestava-se igualmente satisfeita “por poder assistir novamente a um concerto daquela que foi uma referência musical da sua adolescência”.

“Sempre que posso não falho um concerto dos Xutos & Pontapés. Fiz cerca de 150 quilómetros de Sines, para os ouvir. Tinha curiosidade de os ver e acompanhar depois da perda do Zé Pedro”, destacou.

Durante cerca de uma hora e meia que durou o concerto da passagem de ano em Albufeira, os ‘Xutos’ revisitaram alguns dos maiores êxitos, finalizando a atuação com “Casinha” seguida de “Para Sempre”, acompanhada a plenos pulmões pelos milhares de pessoas que não arredaram pé até aos últimos acordes, ouvidos pelas 02:00.

A festa de passagem de ano em Albufeira reuniu cerca de 70 mil pessoas, que assistiram ao concerto do cantor e produtor AGIR antes de soarem as doze badaladas e que antecedeu o habitual fogo-de-artifício.

Verifique também

Sistema inédito permite explorar obras no Museu Municipal de Faro com os cinco sentidos

Os visitantes do Museu Municipal de Faro já podem explorar 84 obras de arte com …