Pub

O número dois da Ordem de Mérito da PGA de Portugal de 2010, que brilhou no Portugal Masters, onde partiu para a última volta no ‘top-ten’, tornou-se o primeiro número um do IGT, um circuito que já recebeu o reconhecimento oficial da PGA (Associação dos Golfistas Profissionais) de Espanha.

Ricardo Santos venceu quatro torneios do IGT 2009/2010: Pestana Silves IGT Challenge, em janeiro, os dois Castro Marim IGT Classic, de fevereiro e dezembro, e a Carvoeiro Cup National Pro-Am em dezembro, somando 6900 pontos.

Por ser o número um de 2010, Ricardo Santos receberá a Taça LPR, oferecida pelo patrocinador principal do circuito. No troféu estão gravados os nomes de todos os vencedores dos torneios de 2010. Em 2011 haverá uma nova Taça LPR para o jogador que fechar dezembro na primeira posição.

O IGT captou a elite do golfe profissional português à exceção de Filipe Lima, o número um da PGA de Portugal, que em 2010 foi o único luso a participar no European Tour, segundo destaca uma nota da assessoria de imprensa do circuito.

António Sobrinho, onze vezes campeão nacional, foi o número dois da Ordem de Mérito do IGT 2010, com 5338 pontos, graças aos seus dois títulos consecutivos em fevereiro, no Pestana Vale da Pinta IGT Series Final e no Quinta do Vale IGT Open.

Nas posições seguintes surgiram o norte-irlandês Noel Murray (3988 pontos), o espanhol Alberto Dóniga-Lara (3825), o açoriano André Medeiros (3300) e o algarvio Daniel Silva (2875).

Pedro Silva, administrador do IGT, fez um balanço largamente positivo da primeira temporada: “Realizámos 11 torneios para profissionais de nível internacional, contámos com cerca de 250 inscrições, incluindo alguns jogadores amadores de alta competição, e distribuímos mais de 60 mil euros em prémios monetários. Captámos para Portugal competidores de onze países estrangeiros, para além dos melhores profissionais portugueses. Organizámos ainda sete ‘Pro-Ams’ que agregaram aproximadamente 400 jogadores amadores de vários países”.

Para o calendário de 2011, já foram anunciados os primeiros dez torneios: Pestana Gramacho Open (12 a 14 de janeiro), Pestana Silves Classic (19-21 janeiro), Pestana TGC Pro-Am no Carvoeiro (22 janeiro), Castro Marim IGT Pro-Am (5 fevereiro), Pestana alto Golf Championship (9-11 fevereiro), Pestana Vale da Pinta Finals (16-18 fevereiro), Pestana Vale da Pinta Pro-Am (19 fevereiro), Pro-Am Suisse Vilamoura (28 fevereiro-1 março), Pro-Am Suisse Vilamoura-2 (3 março) e Suisse IGT Open em Vilamoura (4 março).

O Pestana Gramacho Open, que se inicia quarta-feira, a partir das 8:15 horas, conta com 42 jogadores, entre os quais os portugueses António Sobrinho, António Rosado, Hugo Santos e Daniel Silva.

Lusa

Pub