Breves
Inicio | Igreja | Consagrados a trabalhar no Algarve reuniram-se para refletir como “ser pão para os outros”

Consagrados a trabalhar no Algarve reuniram-se para refletir como “ser pão para os outros”

O Secretariado Regional do Algarve da CIRP – Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal abriu o seu programa de atividades deste ano pastoral de 2018/2019 com um encontro de recoleção para os consagrados – sacerdotes, irmãos ou irmãs, pertencentes a um(a) instituto/congregação religioso(a) – a trabalhar na Igreja do Algarve.

A iniciativa teve lugar no passado dia 1 deste mês no Colégio de Nossa Senhora do Alto, em Faro, com a participação de 30 consagrados.

O acolhimento aos participantes foi feito pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, que saudou os presentes e os desafiou a aproveitar bem “o tempo e a graça de um dia assim”.

O encontro, que teve início com a oração da manhã em torno do episódio bíblico dos discípulos de Emaús, foi orientado pelo padre jesuíta Nuno Tovar de Lemos, sob o tema “Ser pão para os outros”. O sacerdote abordou a simbologia do pão, partindo do contexto em que aquele elemento aparece referido na Bíblia, quer na última ceia, quer no episódio já indicado. O padre Nuno Tovar de Lemos destacou que Jesus se desvela na fração do pão e pegou na sua frase “fazei isto em memória de mim” para interpelar cada consagrado sobre o seu significado na “vida dada, entregue, doada” que é chamado a viver.

De tarde, e sem se distanciar do tema de fundo, o sacerdote orientou a reflexão para a comunhão e fraternidade, explicando que “ser pão para os outros é deixar-se «rasgar» em muitas situações”.

Os momentos de reflexão foram sempre seguidos de tempos de oração, silêncio e partilha em pequenos grupos com o convite “falar de si mesmo e não dos outros”.

O encontro finalizou com a eucaristia, celebração que os participantes asseguram ter adquirido para si mesmos “outro sabor após um dia rico de simbologia e profundidade”, particularmente o momento em que foram convidados a prestar adoração ao pão e vinho consagrados, comprometendo-se a “ser pão partido com Jesus para os outros”.

Verifique também

Há 60 anos falecia em acidente de viação o padre José Gomes da Encarnação

Cumprem-se hoje 60 anos da trágica morte do padre José Gomes da Encarnação, antigo administrador …