Pub

O corpo de Ilda Velhinho de Sousa, de 91 anos, desaparecida em Faro no dia 1 de fevereiro deste ano, já foi encontrado.

Fonte familiar confirmou ao Folha do Domingo que o corpo da idosa foi descoberto no início do passado mês de maio na zona do Vale das Almas (perto do local onde é realizada a Concentração Internacional de Motos promovida pelo Moto Clube de Faro), no concelho de Faro.

O cadáver foi encontrado por transeuntes que, logo após o desconfinamento que se seguiu ao estado de emergência por causa da pandemia de Covid-19, passavam no local e terão alertado as autoridades.

Após os testes para identificação do corpo, as autoridades informaram a semana passada os familiares de que se tratava de Ilda Velhinho de Sousa.

Durante o mês de fevereiro foram feitas buscas no concelho de Faro e nos concelhos vizinhos com participação de efetivos da GNR, PSP e Polícia Marítima e com recurso a drones e cães pisteiros, mas sem qualquer resultado. Na altura foram afixadas em vários pontos da cidade de Faro fotografias da desaparecida que começou a apresentar sinais de demência, falhas de memória e desorientação.

Fonte familiar, que agradeceu o trabalho das autoridades e da comunidade que se envolveu nas buscas, informou que o funeral será realizado na próxima quinta-feira, 16 de julho, pelas 15h, na capela do Cemitério da Esperança, onde a falecida ficará sepultada.

Pub