Pub

O número de infetados pelo novo coronavírus subiu no Algarve para 25, mais quatro do que ontem, e no país são agora 785, mais 143 do que os contabilizados na quarta-feira, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Portugal regista três vítimas mortais do novo coronavírus, segundo o boletim da DGS. A terceira morte, de acordo com a DGS, ocorreu na Região Centro. As duas primeiras mortes tinham sido registadas na região de Lisboa e Vale do Tejo.

De acordo com a informação divulgada sobre a situação epidemiológica de Covid-19 em Portugal, desde 01 de janeiro foram registados 6.061 casos suspeitos.

Segundo a DGS, há 488 (351) casos a aguardar resultado laboratorial e três casos recuperados.
Os dados indicam que dos 785 casos confirmados, 89 estão internados (número idêntico ao de quarta-feira), dos quais 20 em unidades de cuidados intensivos.

Mais de 88% dos doentes (696) estão a recuperar em casa.

A DGS informa que houve um total 4.788 casos de suspeitos que deram resultado negativo no teste.

De acordo com o boletim, há 8.091 (mais 1.435) contactos em vigilância pelas autoridades de saúde e o número de cadeias de transmissão ativas mantem-se nas 24.

A região Norte é aquela que regista o maior número de casos confirmados (381), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (278), da região Centro (86), do Algarve (25) e Alentejo (2).

O boletim da DGS indica que a Madeira apresenta um caso positivo e os Açores três. Há nove casos no estrangeiro.

Os dados da DGS apontam que 23 casos resultam da importação do vírus de Espanha, 17 de Itália, 16 de França, oito da Suíça, dois dos Países Baixos, um de Andorra, um da Bélgica, um da Alemanha e Áustria, um do Reino Unido e outro do Irão.

Segundo a DGS, 25% dos doentes apresentam tosse, 20% febre, 14% cefaleia e dores musculares, 10% fraqueza generalizada e 8% dificuldade respiratória.

Os dados indicam também que a maior percentagem de doentes infetados com o novo coronavírus regista-se nas mulheres, entre os 40 e 49 anos (22,8%), seguidas pelos homens da mesma faixa etária, com 19,7%.

Nos doentes homens há 9,1% entre os 70 e 79 anos e nas mulheres 5,9% na mesma faixa etária.

Entre os homens infetados há 4,3% acima dos 80 anos e entre as mulheres 5,4%.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou já mais de 220 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 9.000 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 85.500 recuperaram da doença.

com Lusa

Pub