Pub

A Portimonense SAD considerou injustas as despromoções sem mérito desportivo, lamentou o fim da II Liga de Futebol e defendeu o alargamento da I Liga portuguesa de futebol na época 2020/21.

Num comunicado intitulado ‘Verdade Desportiva’, a entidade responsável pela equipa principal de futebol do Portimonense, mostrou-se surpreendida pela decisão do governo português em “decretar o cancelamento da II Liga” – consequência da pandemia da covid-19 -, com o argumento de “não haver condições para retomar os jogos, nomeadamente a nível de infraestruturas”.

De acordo com o clube de Portimão, “há emblemas da II Liga com muito melhores condições que outros de I Liga”, apontando com exemplo o “Nacional, Académica e (Desportivo de) Chaves”.

Afirmando que “a melhor forma de defender a verdade desportiva é dentro do campo”, adiantou que só dessa forma “devem ser decretadas subidas e descidas de escalão”.

Numa altura em que o futebol “vive a maior crise do século XXI”, a Portimonense SAD considera que se trata de “uma questão de sobrevivência”, por isso apelou aos” governantes e dirigentes” para que “façam prevalecer justiça e bom senso”.

“Nunca poderemos apoiar despromoções que não reflitam o rendimento desportivo. Hoje, estamos a discutir os casos do Casa Pia e do Cova da Piedade, amanhã poderão ser os de outros. Nada mais injusto”, defendeu.

No que concerne às subidas às competições profissionais, a SAD algarvia mostrou-se satisfeita, endereçando “felicitações ao Arouca e ao Vizela”, mas classificou “sem qualquer sentido” que se equacionem “descidas decididas em cenário de tragédia”.

A Portimonense SAD sublinhou que “continua a ser solidária com os seus pares”, garantido que quer “muito jogar os 10 jogos por agendar”, assumindo que tudo fará “para provar que o futebol tem de vencer dentro das quatro linhas”.

Os algarvios ressaltam, no entanto, que “caso não seja possível concluir os jogos, e apurar o mérito desportivo de cada um, “apoia um “alargamento” no número de clubes a disputar a I Liga em 2020/21.

“O futebol português merece e justifica que todos possamos ter condições para retomar a atividade nos moldes anteriores à pandemia”, frisou.

Após terem sido disputadas 24 jornadas, o Portimonense é 17° e penúltimo classificado da I Liga, com 16 pontos, a seis pontos do Paços de Ferreira, a primeira equipa acima da ‘linha de água’ e com mais três do que o último, o Desportivo das Aves.

Pub