Pub

A Universidade do Algarve (UAlg) lançou a plataforma digital Study in Algarve, orientada para a captação de estudantes internacionais e que, em contexto de pandemia, visa reafirmar a região como um destino seguro para estudar na Europa.

Em declarações à Lusa, o reitor da Universidade do Algarve (UAlg), Paulo Águas, referiu que o portal www.studyinAlgarve.pt “pretende promover e reforçar a notoriedade e a competitividade da instituição e da região, dando a conhecer as suas maiores potencialidades”.

Com 2.000 estudantes estrangeiros a frequentar a instituição este ano letivo, oriundos de mais de 80 países, num universo de 9.000 alunos, esta é a universidade com a maior percentagem (22%) de estudantes estrangeiros em Portugal.

Segundo Paulo Águas, a instituição tem sido a escolha preferencial, em Portugal, “para um conjunto de nacionalidades maioritariamente provenientes da Europa e do sul da América”, sendo os países com maior representação o Brasil, Cabo Verde, Itália, Espanha, Alemanha e Polónia.

A criação do novo ‘site’ surge, entre outras razões, “como resposta à pandemia do novo coronavírus”, salientou, notando que, “num momento em que o mundo vive momentos de incerteza e insegurança”, a UAlg visa “reforçar o sentimento de confiança e a esperança na construção de novos planos para o futuro”.

De acordo com Paulo Águas, não tendo sido registado qualquer caso positivo no seio da comunidade académica desde o início da pandemia, a UAlg “afirma-se como um porto seguro para quem quer estudar na Europa, e num dos países e regiões com menor taxa de letalidade e menor número de casos positivos”.

O responsável da academia algarvia explicou que, a partir da questão “Porquê o Algarve?”, esta plataforma digital “pretende afirmar aquele que continua a ser um dos eixos prioritários da instituição: a captação de estudantes internacionais”.

Nesse sentido, é dado a conhecer o potencial da região, “com especial enfoque nas suas condições naturais e na oferta formativa”, mostrando, também, “a periferia como centro de oportunidade” e destacando a u universidade “como um ponto de encontro para a multiculturalidade”.

O público-alvo do novo portal, disponível em português e inglês, “são os milhões de estudantes que, todos os anos, têm privilegiado a mobilidade académica, escolhendo uma universidade fora do seu país de residência para realizar os seus estudos graduados ou pós-graduados”, acrescentou.

No contexto da pandemia de covid-19, a UAlg está a procurar garantir que os candidatos ao ensino superior não ficam prejudicados pelo cancelamento de iniciativas presenciais que visavam auxiliar o processo de decisão na candidatura.

Nesse sentido, a academia algarvia promove, a partir de hoje segunda-feira, e durante duas semanas, até dia 26, uma feira virtual que pretende dar a conhecer a universidade e divulgar a sua oferta formativa para 2020/2021.

Durante duas semanas, os interessados poderão percorrer um pavilhão interativo, onde estarão disponíveis ‘stands’ de todas as faculdades e escolas com materiais de divulgação da oferta formativa para consulta e ‘download’.

Cada ‘stand’ disponibilizará também um ‘live chat’ no qual os participantes poderão colocar questões e esclarecer dúvidas, estando ainda prevista a realização de sessões de apresentação dos cursos através de videoconferência.

A participação é gratuita, mas a inscrição é obrigatória e pode ser realizada em https://feiravirtualualg.pt.

Pub