Pub

A mais antiga prova de atletismo realizada no país inclui um programa de dois dias de competições que decorrerão nos dias 5 e 7 de Março. Pela pista de cross da Aldeia das Açoteias irão passar mais de 3 mil atletas em disputa por um lugar no pódio.

Na conferência de imprensa, Desidério Silva referiu que este evento constitui uma das mais sérias apostas da autarquia a nível do fomento da prática desportiva no concelho e do desenvolvimento da sua marca turística.

Jorge Salcedo, secretário geral da Federação Portuguesa de Atletismo, agradeceu o fato de mais uma vez, Desidério Silva promover a modalidade e não deixar morrer a mais antiga prova de Atletismo a nível nacional.

Lara Ramos, presidente da Associação de Atletismo do Algarve, salientou que este continua a ser um dos maiores cartazes de notoriedade do Algarve e que sem os apoios da Câmara Municipal de Albufeira, Federação Portuguesa de Atletismo, Instituto de Desporto de Portugal e Entidade Regional de Turismo do Algarve, não seria possível dar continuidade à prova de atletismo mais antiga de Portugal.

O diretor regional do IDP – Instituto de Desporto de Portugal, Joaquim Duarte, destacou a importância desta autarquia, no que diz respeito à perseverança da prova na divulgação do desporto e na projeção da imagem do Algarve, pois “leva além fronteiras a bandeira da região”.

Para o próximo dia 5 de Março, a Pista das Açoteias irá receber as primeiras provas integradas na programação do evento.

O Corta-Mato Regional do Desporto Escolar terá início pelas 10h00 e contará com mais de 2000 alunos em representação de 80 por cento das escolas algarvias. A partir das 15h00, dar-se-á início ao 21.º Campeonato Nacional de Corta-Mato para Deficientes, organizado pela Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral, onde cerca de 150 atletas de todo o país, portadores de deficiência, disputarão um lugar no pódio.

No domingo, dia 7, teremos o 8.º Corta Mato do Clube Desportivo Areias de S. João, a partir das 10h00 e quando forem 12h00 terá lugar o Campeonato Nacional de Corta Mato para Juvenis e Juniores. O 33.º Cross das Amendoeiras, que este ano irá incluir o Campeonato Nacional de Corta-Mato – uma das mais importantes provas do atletismo nacional – terá início pelas 14h15 com a prova feminina seguindo-se, às 15h00, a prova masculina.

Alguns dos atletas que marcarão presença:

Femininos

Aniko Kalovics, da Hungria (1.º San Sebastian 2010; 2.º Cross Amendoeiras 2009; 4x 4.ª classificada nos Europeus de Corta Mato), Ksenia Agafonova, (vice campeã russa de cross 2009), a sueca Gabriella Samuelsson (campeã sueca de cross 2009) e as portuguesas Sara Moreira (campeã europa equipas 2009 – Dublin, campeã nacional estrada 2010, 3.ª Campeonato Mundo por equipas corta mato 2009), Ana Dias (bicampeã europa equipas – Dublin 2009, 3.ª campeonato mundo por equipas Corta Mato 2009), Anália Rosa (bicampeã europa equipas – Dublin 2009, 3.ª Campeonato Mundo por equipas Corta Mato 2009); Dulce Félix (bicampeã europa equipas – Dublin 2009, 3.ª Campeonato Mundo por equipas corta mato 2009); e Fernanda Ribeiro (melhor atleta portuguesa de sempre, campeã olímpica 10.000mt)

Masculinos

Josphat Kiprono Menjo, do Quénia (vencedor Cross das Amendoeiras 2009), Andrey Farnosov, da Rússia (vice campeão de Corta Mato 2009), Sondre Nordstat, da Noruega (2.º e 4.º lugares nos dois últimos Campeonatos Europa de Corta Mato Sub-23), e os portugueses Rui Pedro Silva (campeão nacional de corta mato 2007 e 2008; vice campeão nacional estrada 2010; olímpico em Pequim 2008; 6º classificado no Campeonato Europeu de Cross 2008), Fernando Silva (campeão nacional cross 2005 e 2006; campeão europeu cross por equipas 2009), José Rocha (6.º Campeonato Europeu de Corta Mato – Dublin 2009); Eduardo Mbengani (7.º europeu corta mato 2009; 2º melhor atleta português Campeonato Europa de Cross 2008) e Hermano Ferreira (vencedor Taça Campeões Europeus de Estrada 2009).

Clique na foto para ver mais fotos 

Pub