Pub

“A leitura de como nós vemos os factos depende sempre da maneira como queremos capitalizar as coisas. Sabíamos que não iríamos ganhar todos os jogos, mas o mais importante é pensar no todo e não apenas no momento”, afirmou Daúto Faquirá.

A última vitória dos algarvios no campeonato data de 02 de outubro, quando receberam e venceram o Vitória de Setúbal, por 3-1.

Daúto Faquira preferiu destacar que o Olhanense, atual sétimo classificado da Liga, está “numa posição privilegiada” em todas as provas.

O treinador recordou que o conjunto “rubronegro” continua invicto em casa e só perdeu duas vezes (no Dragão e em Braga) em nove jogos do campeonato, que se mantém na Taça de Portugal (recebe o Nacional na próxima ronda) e na Taça da Liga está “com ótimas perspetivas” de ultrapassar a Oliveirense, depois de ter perdido fora (1-0), na primeira mão da segunda fase da competição.

“Estamos numa posição privilegiada e isso para mim é o mais importante, são essas as contas que eu faço, em função de tudo o que tem sido feito, não só no momento, mas olhando de uma forma mais transversal e para vários parâmetros”, acrescentou.

Daúto Faquirá ressalvou que a vitória é sempre o principal objetivo da turma de Olhão e será com essa pretensão que a equipa viajará para a Figueira da Foz.

“Naturalmente, queremos ganhar todos os jogos e vamos com determinação para fazer um bom jogo e trazer os três pontos para casa”, referiu.

Do outro lado, estará a equipa que ocupa o último lugar da Liga de futebol: “É um jogo que encerra as suas dificuldades, pois a Naval está necessitada de pontos. Apesar do lugar que ocupa, é uma boa equipa, com um grupo que já vem, em maioria, da época passada”, destacou o técnico do Olhanense.

Face ao castigo de Maurício, Daúto Faquirá vai pela primeira vez mexer no quarteto defensivo que tem sido titular no campeonato, tendo confirmado que o moçambicano Mexer formará dupla com Jardel.

A Naval 1.º de Maio, 16ª e última classificada, com quatro pontos, recebe o Olhanense, sétimo classificado com 13 pontos, no domingo, no Estádio Municipal José Bento Pessoa, às 16:00, em jogo que será arbitrado por Diogo Santos (Aveiro).

Lusa

Pub