Pub

“Queremos fazer um bom resultado para passarmos a eliminatória e se possível resolvermos quarta feira esta ronda, pois o objetivo é marcarmos presença na fase de grupos”, disse Daúto Faquirá, na antevisão do embate frente ao conjunto da Liga de Honra.

A prioridade do Olhanense passa pela Liga principal, mas nas outras competições o objetivo “é fazer o melhor e levar o nome do clube o mais longe possível”.

A derrota no reduto do Sporting de Braga (1-3), para o campeonato, deixou o grupo “triste”, mas o técnico espera uma reação positiva.

“O grupo tem uma personalidade muito forte, um querer e uma crença enormes. A derrota não vai abalar, pois quem nasceu para ganhar não chora por um momento menos feliz”, afirmou.

Quarta feira, o Olhanense vai defrontar “uma boa equipa, bem orientada e organizada”, segundo Daúto Faquirá.

O técnico do Olhanense, que tem tido muitas dores de cabeça devido aos lesionados, perdeu Vinicius para esta partida, reduzindo as opções para o meio-campo.

“Tem sido fundamental e uma das imagens da nossa equipa. Tem humildade e quer aparecer. Desejamos que volte à competição o mais depressa possível”, disse, sobre Vinicius, o técnico dos algarvios, revelado ainda que Nuno Piloto e Fernando Alexandre estão perto do regresso.

A Oliveirense, 12.ª classificada na Liga de Honra, com seis pontos, recebe quarta feira o Olhanense, sexto na Liga principal, com 12, em jogo marcado para o Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis, a partir das 15:00.

Lusa

Pub