Pub

“No panorama nacional, é evidente que os resultados no Algarve são francamente positivos, se bem que corresponde também a uma quebra muito relevante face às últimas eleições”, declarou à Lusa a deputada bloquista.

Cecília Honório estima conseguir “estar à altura” e “manter os compromissos com a região”, mas avisa que o Algarve vai “ser vítima do programa eleitoral do PSD e da ‘Troika’, nomeadamente com um aumento de desempregados e do quadro de precariedade”.

O Bloco de Esquerda (BE), que foi a terceira força política a obter melhores resultados nas eleições de 2009, não perdeu o único deputado algarvio que havia conseguido eleger, mas passou a ser a quinta força política da região.

Em 2009, o BE obteve 15,38 por cento dos votos (31.017 votos), enquanto que o resultado desta noite 8,16 por cento (16.414 votos).

Lusa

Pub