Pub

"Enviarei hoje à senhora Governadora Civil de Faro, um pedido de realização de uma reunião de trabalho com uma delegação do PSD/Algarve, e na qual participem os responsáveis distritais da GNR, da PSP, da PJ e do SEF", refere o deputado Mendes Bota, em comunicado.

Na reunião com a Governador Civil de Faro, Mendes Bota quer debater o número de efectivos policiais e respectivo equipamento da região, bem como a articulação entre as forças policiais em matéria de investigação criminal.

A criminalidade violenta, o tráfico de estupefacientes, as zonas problemáticas de criminalidade no Algarve ou o mundo rural e o policiamento de proximidade são outros itens que o deputado quer abordar no encontro.

O tráfico de seres humanos e a prostituição forçada ou o funcionamento do posto misto de fronteira de Castro Marim também fazem parte da lista de assuntos a abordar na reunião.

O "facto de o Algarve figurar como o quarto distrito do país onde se registaram mais casos onde a GNR e a PSP intervieram em 2008, como refere o Relatório Anual de Segurança Interna recentemente divulgado, não pode passar à margem da nossa preocupação", acrescenta Mendes Bota.

O deputado recorda que a estatística oficial reconhece um "crescimento da criminalidade no Algarve de 6,6 por cento relativamente ao ano de 2007".

Pub