Pub

O Dia Mundial do Consagrado foi assinalado na Diocese do Algarve no passado dia 2 de fevereiro com um encontro que teve lugar no Seminário de São José, em Faro.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Participada pelos sacerdotes, irmãos ou irmãs, pertencentes a um instituto religioso ou congregação religiosa a trabalhar no Algarve, a iniciativa destacou a vida consagrada como “dom precioso para a Igreja”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O encontro teve início com uma reflexão do bispo do Algarve partindo da publicação de José Cristo Rey García Paredes, intitulada “É possível uma outra comunidade”, e prosseguiu com a participação na celebração eucarística na Sé de Faro, presidida por D. Manuel Quintas.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Na eucaristia, o prelado começou por explicar que naquele dia “a Igreja pretende salientar a condição de quantos, homens e mulheres, a partir da consagração batismal receberam a graça de uma vocação de especial consagração”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“A vida consagrada constitui verdadeiramente um dom precioso para a Igreja e nós, Diocese do Algarve, queremos hoje manifestar a nossa gratidão àqueles e àquelas que são esse dom para a nossa Igreja diocesana”, afirmou, considerando “felizes as paróquias e os párocos que têm no seu território comunidades de vida consagrada”. “A Diocese do Algarve agradece e continua a contar com o serviço, a dedicação, a generosidade e o testemunho profético dos consagrados e consagradas”, completou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O bispo do Algarve acrescentou que “a função de ajuda e apoio exercida pela vida consagrada na Igreja não se restringe aos tempos passados, mas continua a ser um dom precioso e necessário também no tempo presente”. “A Igreja de hoje continua a ter uma necessidade imperiosa de consagrados para evangelizar o mundo. A recordação dos grandes evangelizadores e evangelizadoras e o testemunho que hoje colhemos dos consagrados revela que para enfrentar o mundo de hoje são necessárias pessoas dedicadas amorosamente ao Senhor e ao seu evangelho”, sustentou, realçando que “a vida consagrada foi ao longo da história da Igreja uma presença viva da ação do Espírito”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

D. Manuel Quintas desejou que “em cada lugar e situação, os consagrados sejam amorosos anunciadores do Senhor Jesus, prontos a responder com a sabedoria evangélica às interpelações feitas hoje pela inquietude do coração humano e pelas suas urgentes necessidades”. “No despojamento da sua entrega a Deus e à Igreja eles constituem um sinal verdadeiro do amor pelo seu povo e da felicidade que se alcança quando se põe n’Ele a sua confiança”, acrescentou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A celebração do Dia do Consagrado, promovida pelo Secretariado Regional do Algarve da Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) no âmbito da Semana da Vida Consagrada, inseriu-se na Semana da Vida Consagrada, que decorreu de 26 de janeiro a 2 de fevereiro e que este ano foi dedicada ao tema ‘Consagrados para evangelizar’. “O tema deste ano leva-nos a verificar como o contributo dos consagrados foi decisivo para o anúncio do evangelho e para o levar a todas as partes do mundo”, considerou o bispo diocesano, lembrando que “a sua contribuição específica para a evangelização consiste primariamente no testemunho de uma vida totalmente entregue a Deus e aos irmãos”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

D. Manuel Quintas afirmou ainda que “a vida consagrada está colocada mesmo no coração da Igreja como elemento decisivo para a sua missão, visto que exprime a íntima natureza da vocação cristã”. “A presença universal da vida consagrada e o carácter evangélico do seu testemunho provam com toda a evidência que ela não é uma realidade isolada e marginal, mas diz respeito a toda a Igreja”, referiu.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O bispo diocesano lembrou existirem na Diocese do Algarve 70 consagrados e consagradas. Os institutos religiosos masculinos são cinco, constituídos no seu conjunto por 20 membros que têm a seu cargo um quarto (20) das paróquias algarvias. Já os institutos religiosos femininos são 12, com um total 50 membros.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A eucaristia foi ainda marcada pela celebração dos 60 anos de consagração de uma religiosa das irmãs Dominicanas de Santa Catarina de Sena que renovou os seus votos.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O Dia Mundial do Consagrado foi instituído simbolicamente a 2 de fevereiro por São João Paulo II, em 1997, uma vez que no mesmo dia, o calendário católico assinala a Festa da Apresentação do Senhor.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Pub