Pub

A Diocese do Algarve lançou a campanha para a catequese de preparação para a Páscoa.

“Subir ao Calvário para descobrir o Ressuscitado” é o título da iniciativa, promovida pelo Sector da Catequese da Infância e Adolescência da Diocese do Algarve e, simultaneamente, o desafio para os quarenta dias que levarão à celebração da Páscoa. A organização refere que a mesma pretende “convidar toda a comunidade a centrar-se no monte calvário, que se vai preenchendo de forma pedagógica ao longo de toda a quaresma, para se iluminar com a Luz do Ressuscitado na manhã de Páscoa”.

“Desta forma, iniciando a visualização do monte em quarta-feira de Cinzas, iremos subindo o monte de forma muito objetiva, cada domingo, com uma imagem, sempre integrada nas leituras escutadas e com uma palavra que «ilumina» cada Domingo”, refere a introdução da proposta (que pode ser descarregada aqui), explicando que o seu momento semanal de apresentação poderá ocorrer “imediatamente antes da Eucaristia, ou no momento do ato penitencial, substituindo-o, ou no momento pós-comunhão”. “Coloca-se a imagem e a palavra, e lê-se o texto que o acompanha”, concretiza a explicação, destacando que os textos, “dirigidos a Jesus”, têm “um especial «pendor» social”.

Assim sendo, a proposta assenta em vários símbolos, cujas imagens vão sendo acrescentadas à do Monte Calvário, desde Quarta-feira de Cinzas (26 de fevereiro) até ao Domingo de Páscoa (12 de abril). A vivência semanal na comunidade paroquial contempla ainda expressões que serão postas em destaque: liberdade, missão, ter sede, caminho, vida, abandono, aleluia.

É também indicada uma “dinâmica de grupo de catequese”, constituída por uma oração que pode ser proferida no final de cada sessão e por uma música, e por uma “dinâmica para as famílias”, constituída também por uma oração que pode ser feita após o jantar e que inclui também uma música para a Semana Santa.

A Quaresma é um período de 40 dias – excetuando os domingos –, marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário dos cristãos.

A Diocese do Algarve conta com cerca de 1.000 catequistas ao serviço nas suas cerca de 80 paróquias para a formação de cerca de 9.000 crianças e adolescentes.

Pub