Inicio | Igreja | Diocese do Algarve promoveu Jornada Bíblica para “despertar para uma maior consciência da missão”

Diocese do Algarve promoveu Jornada Bíblica para “despertar para uma maior consciência da missão”

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Diocese do Algarve promoveu no passado sábado a VIII Jornada Bíblica da Diocese do Algarve, que decorreu no seu Centro Pastoral e Social em Ferragudo com a presença de 67 participantes.

O encontro, levado a cabo através do entro de Estudos e Formação de Leigos do Algarve (CEFLA), teve como tema como tema “A missão evangelizadora na Igreja das origens” e o bispo do Algarve considerou-o “muito oportuno”, “correspondendo ao apelo do papa com a instituição do Outubro Missionário no próximo ano”. “Aprofundar este tema é, certamente, responder, antes de mais, a uma obrigação batismal, pessoal, de anunciar, de testemunhar o evangelho”, afirmou D. Manuel Quintas.

O prelado disse que a Jornada Bíblica deste ano ajudou a “despertar para uma maior consciência da missão”. “Penso que as duas conferências do padre Mário nos ajudaram a isso. Ajudaram-nos a revisitar as comunidades cristãs primitivas, a missão evangelizadora da Igreja nas origens, ajudaram no retomar desta consciência de que a missão é de cada um de nós”, afirmou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O bispo diocesano disse ainda que a formação, através da reflexão do padre António de Freitas, contribuiu igualmente para “retomar com novo impulso a transformação missionária da vida e da pastoral” das paróquias. “Depois de termos adquirido esta renovada consciência da missão, é importante partir para esta transformação, esta promoção missionária da vida pessoal e da vida pastoral”, acrescentou.

Na primeira parte da jornada, o padre Mário de Sousa defendeu a criação de “equipas evangelizadoras” nas paróquias “que, a partir dos grandes centros evangelizem as comunidades circundantes”.

Na segunda parte do encontro de formação o padre António de Freitas alertou que a paróquia tem de mudar o paradigma, passando a ter em vista a sua dimensão externa.

A Igreja algarvia está a viver, desde o passado dia 21 de outubro, um Ano Missionário que se estenderá até ao dia 20 de outubro de 2019.

Verifique também

Consagrados a trabalhar no Algarve reuniram-se para refletir como “ser pão para os outros”

O Secretariado Regional do Algarve da CIRP – Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal abriu …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.