Pub
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Diocese do Algarve vai constituir uma Comissão Diocesana de Proteção de Menores.

A informação, enviada agora ao Folha do Domingo no decurso da reunião do Conselho Presbiteral da Diocese do Algarve que teve lugar na passada segunda-feira, 9 de dezembro, no Seminário de São José, em Faro, sob a presidência do bispo diocesano D. Manuel Quintas, acrescenta que aquela estrutura “está prestes a ser formalmente constituída e nomeada, tendo já sido contactas as pessoas que a constituirão e que trabalham em áreas ligadas à natureza e finalidade da referida Comissão”.

A criação destes organismos foi determinada pelo papa, com a carta apostólica Vos estis lux mundi, de 9 de maio deste ano, a fim de combater os crimes de abuso sexual de menores praticados por membros do clero, dos Institutos de Vida Consagrada ou de Sociedades de Vida Apostólica.

O Conselho Presbiteral, segundo o Código de Direito Canónico, é uma espécie de senado do bispo que representa o presbitério, com a missão de auxiliar no governo da diocese.

O organismo é constituído por membros “natos”, como o vigário-geral e outros vigários para diversas áreas pastorais; membros eleitos das vigararias (conjuntos de paróquias); e membros nomeados pelo bispo.

Pub