Inicio | Cultura | Diocese do Algarve vai criar núcleo museológico ligado ao surgimento da imprensa em Portugal

Diocese do Algarve vai criar núcleo museológico ligado ao surgimento da imprensa em Portugal

Apresentacao_reedicao_pentateuco (43)
Foto © Samuel Mendonça

O presidente da Fundação Portuguesa das Comunicações anunciou na passada sexta-feira que será criado em Faro, em instalações da Diocese do Algarve, um núcleo museológico ligado à edição do “Pentateuco”, levada a cabo por Samuel Gacon em 1487, que marcou o início da imprensa em Portugal.

Apresentacao_reedicao_pentateuco (6)
Foto © Samuel Mendonça

Presente na apresentação de uma reedição ‘fac-simile’ do primeiro livro impresso em Portugal, que teve lugar na passada sexta-feira no Seminário de São José de Faro, Luís de Andrade assumiu ainda o “compromisso de ceder a título de empréstimo, por um tempo que venha a ser considerado necessário”, a réplica do prelo de Gutenberg que faz parte do acervo do museu da Fundação Portuguesa das Comunicações.

Apresentacao_reedicao_pentateuco (10)
Foto © Samuel Mendonça

Aquele responsável evidenciou precisamente a “ligação que Faro tem com o primeiro livro impresso em Portugal”, justificando a decisão que disse contribuir para a “construção da identidade, da história e da memória” do Algarve como algo “fundamental para a divulgação da região”.

Apresentacao_reedicao_pentateuco (12)
Foto © Samuel Mendonça

O Folha do Domingo apurou, entretanto, que o núcleo museológico, apresentado também digitalmente na sexta-feira no Seminário de Faro, deverá ser instalado no espaço da antiga capela do Paço Episcopal, cuja entrada é feita pela rua do Município, onde já têm sido realizadas diversas exposições.

Para assinalar simbolicamente o compromisso, Luís de Andrade ofereceu à Diocese do Algarve algumas publicações relacionadas com a história das comunicações e a cronologia da escrita na Antiguidade, Idade Média e Idade Moderna.

O bispo do Algarve, que agradeceu a oferta, confirmou a iniciativa e congratulou-se com o compromisso assumido. “Estamos abertos para colaborar e participar em promover tudo aquilo que diga respeito a este livro e em criar espaços também para acolher, se for possível e necessário, a réplica do prelo”, afirmou D. Manuel Quintas.

Apresentacao_reedicao_pentateuco (39)
Foto © Samuel Mendonça

O prelado, que desejou que o projeto possa servir não apenas a cultura e o turismo, mas também a educação, possibilitando a visita de todas as escolas, aludiu à necessidade de parcerias. “Só unindo esforços é que conseguimos levar para a frente esta iniciativa de preservar aquilo que herdámos”, afirmou.

O bispo diocesano anunciou também que a Diocese do Algarve está a estudar, juntamente com a Câmara de Faro, a possibilidade de criação de um museu da imprensa nas instalações da antiga Tipografia União. “Temos lá máquinas que me disseram serem únicas em Portugal, ligadas à impressão de Folha do Domingo. É um espaço que precisa de investimento para ser restaurado”, adiantou.

Verifique também

Equipa de 50 pessoas ultima preparativos do Carnaval de Loulé

Uma equipa de 50 pessoas está há dois meses empenhada em decorar as personagens e …