Pub

Foto © Luís Forra/Lusa
Foto © Luís Forra/Lusa

A Autoridade Nacional de Proteção Civil, a Comunidade Intermunicipal do Algarve e a Federação de Bombeiros do Algarve formalizaram hoje um protocolo que disponibiliza perto de 1,271 milhões de euros ao Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais do Algarve.

O Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais do Algarve (DEFIC) para 2015 vai receber perto de 953 mil euros da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e perto de 318 mil euros das 16 câmaras do distrito de Faro para a constituição de equipas de intervenção para o período mais vulnerável a incêndios florestais, de 15 de maio a 15 de outubro.

O protocolo foi homologado pela ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, que se deslocou hoje a Loulé para a inauguração do edifício de apoio à Base de Heliporto em Serviço Permanente, localizada junto aos Bombeiros Municipais de Loulé, e que custou 600 mil euros à Câmara de Loulé.

O programa incluía ainda a celebração do protocolo de cedência e construção para a nova sede do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, mas o ato foi cancelado no último momento.

Foto © Luís Forra/Lusa
Foto © Luís Forra/Lusa

Aos jornalistas, a ministra disse não ter dúvidas de que o protocolo se irá concretizar a breve trecho e que o ato só não se concretizou devido a “detalhes de ordem formal e jurídica”.

Fonte da Câmara Municipal de Loulé adiantou à Lusa que o terreno que vai ser cedido para a sede do CDOS de Faro está localizado junto às instalações dos Bombeiros Municipais de Loulé, onde também está o Heliporto.

O presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, propôs à ministra que o protocolo seja formalizado a 14 de maio, dia do município de Loulé.

A autarquia pretende ainda formalizar um protocolo que permita recuperar um edifício inicialmente erguido para acolher o Quartel dos Bombeiros de Quarteira e transformá-lo na Base de Apoio Logístico regional do CDOS.

Durante a tarde de hoje, a ministra Anabela Rodrigues desloca-se a Portimão, para a inauguração do Centro Municipal de Proteção Civil de Portimão.

Pub