Pub

“Não foi apresentada qualquer lista”, disse Heliodoro Veiga, o que originou a anulação do ato eleitoral marcado para o dia 24 de janeiro.

A eleição dos órgãos sociais do clube algarvio foi adiada pela segunda vez, tal como em novembro de 2010, por ausência de listas a sufrágio.

Segundo Heliodoro Veiga, o clube vai continuar a ser gerido pela atual direção, até à realização da Assembleia-Geral Extraordinária “que decidirá o que fazer no futuro”.

O Portimonense, segundo classificado da Liga de Honra em futebol em 2009/2010, segue esta época no 15.º lugar na Liga principal, com nove pontos.

Lusa

Pub