Pub

"Nesta partida, queremos somar os pontos necessários para estarmos mais perto da manutenção. Em teoria, só estaremos mesmo descansados quanto atingirmos os 31/32 pontos. Depois, poderemos pensar em atingir a melhor classificação possível", disse Jorge Rosário.

O técnico-adjunto do Olhanense fez a antevisão ao encontro de domingo, uma vez que o técnico Sérgio Conceição cumpre novo castigo, agora de 20 dias, na sequência da expulsão no jogo com a União de Leiria, caso que não quis comentar.

Jorge Rosário deixou muitos elogios para o adversário: "A equipa do Nacional é muita boa, muito forte no ataque rápido, joga bom futebol, já somou várias vitórias fora e é treinada por um excelente treinador", sublinhou.

Depois da vitória em Leiria, os algarvios mostram-se confiantes para voltar aos triunfos em casa, onde não ganham há três jogos.

"Estamos confiantes e é isso que dizemos aos jogadores depois destes resultados, sabendo que vamos ter pela frente uma missão difícil", afirmou, esperando "forte apoio" dos adeptos.

Com dois meses de trabalho desde que a equipa técnica liderada por Sérgio Conceição chegou a Olhão, o seu adjunto tece um balanço positivo sobre a equipa e o trabalho dos atletas.

"Os resultados é que dizem se um plantel é bom ou mau. E como os resultados têm sido bons, creio que todos estão satisfeitos. Porque se tivermos um plantel muito bom, como o Chelsea tem mas não ganha nada, as pessoas já começam a desconfiar da sua qualidade", concluiu.

O Olhanense, sétimo classificado com 26 pontos, e o Nacional, oitavo com menos um ponto, defrontam-se no domingo, às 16.00, no Estádio José Arcanjo, em Olhão, em jogo que será arbitrado por Cosme Machado (Braga).

Lusa

Pub