Breves
Inicio | DA | Escuteiros de todo o Algarve reuniram-se em Lagoa para aprender técnicas escutistas

Escuteiros de todo o Algarve reuniram-se em Lagoa para aprender técnicas escutistas

Al_bivaque_2013Lagoa acolheu, no último sábado, uma atividade de formação de técnicas escutistas que foi participada por 291 Pioneiros e Marinheiros, escuteiros dos 14 aos 18 anos (respetivamente pertencentes aos ramos terrestre e marítimo) do Corpo Nacional de Escutas (CNE), e por 49 formadores, dirigentes e candidatos dirigentes.

A iniciativa, intitulada “Al-Bivaque”, foi promovida pela Junta Regional do Algarve do CNE através do seu departamento da III secção, decorreu no espaço da Fatasul, em Lagoa, e consistiu na formação dos escuteiros em oito técnicas escutistas: orientação, pioneirismo, códigos/cifras, socorrismo, animação, ambiente, arte escutista e cozinha selvagem.

Al_bivaque_2013 (1)Bivaque, termo que significa abrigo ou tenda improvisada, referente também ao ato de dormir ao relento, foi associado pelo fundador do mundial do escutismo Baden-Powell à realização de palestras escutistas formativas ao redor da fogueira, nas quais os escuteiros mais velhos instruíam os mais novos. Não obstante esta dimensão teórica, a atividade do último sábado foi, sobretudo, de componente prática.

Al_bivaque_2013 (2)Cada um dos Pioneiros e Marinheiros escolheu duas formações (bivaques), uma de manhã e outra à tarde, e, no início de cada uma foi-lhe entregue uma semente, de acordo com a “Parábola do Semeador” que serviu de imaginário ao II “Al-Bivaque”.

No final da atividade, participada por 49 equipas, foi entregue a cada uma delas um pequeno saco de sementes para juntar às recebidas por cada membro para serem semeadas e cuidadas.

Verifique também

Sismo de magnitude 3,9 na escala de Richter a sul de Faro

Um sismo de magnitude 3,9 na escala de Richter foi sentido ontem entre Faro e …