Inicio | Cultura | Espaço da antiga capela do Paço Episcopal em recuperação para receber núcleo museológico

Espaço da antiga capela do Paço Episcopal em recuperação para receber núcleo museológico

O espaço da antiga capela do Paço Episcopal de Faro tem estado em obras para acolher o núcleo museológico anunciado em julho de 2017.

Trata-se de uma iniciativa – ligada à edição do “Pentateuco”, levada a cabo por Samuel Gacon em 1487 e que marcou o início da imprensa em Portugal – que tinha sido divulgada pelo presidente da Fundação Portuguesa das Comunicações. A criação do núcleo museológico foi avançada na apresentação de uma reedição ‘fac-simile’ do primeiro livro impresso em Portugal, realizada no Seminário de São José de Faro.

Na exposição que ficará patente no Paço Episcopal estará presente a réplica do prelo de Gutenberg que faz parte do acervo do museu da Fundação Portuguesa das Comunicações e que Luís de Andrade disse “ceder a título de empréstimo” à Diocese do Algarve.

Os trabalhos de preparação do espaço da antiga capela episcopal evidenciaram alguns pormenores decorativos do pavimento que estavam quase encobertos por resíduos de cimento, calcário e fungos.

A empresa que está a levar a cabo o trabalho, que tem motivado a curiosidade de turistas e residentes, procedeu na recuperação do pavimento à sua limpeza para devolver ao material a sua tonalidade original, seguindo-se o processo de secagem e proteção do mesmo.

Os trabalhos de recuperação têm incluindo também o tratamento de infiltração das paredes.

Verifique também

Descoberto porto romano com quase dois mil anos na Boca do Rio, em Budens

Uma equipa luso-alemã das Universidades do Algarve e de Marburgo descobriram, em Budens, um porto …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.