Breves
Inicio | Sociedade | Estudante de Faro que morreu na Hungria integrava grupo em intercâmbio escolar

Estudante de Faro que morreu na Hungria integrava grupo em intercâmbio escolar

Foto © EPA/Zoltan Mihadak

A estudante de 16 anos do 10º ano da Escola Secundária de Pinheiro e Rosa, em Faro, que faleceu na sequência do acidente de viação em Budapeste, na Hungria, integrava um grupo de seis alunos e duas professoras que estavam naquele país num projeto de intercâmbio escolar, disse à Lusa fonte da autarquia.

O chefe de gabinete do presidente da Câmara de Faro, adiantou ainda que o acidente provocou “ferimentos ligeiros” apenas num rapaz, também aluno do 10.º ano, que sofreu uma fratura na clavícula e se mantém internado numa unidade de saúde local, não havendo registo de mais feridos.

Henrique Gomes contraria assim a informação inicial avançada pelo secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, de “um outro ferido em estado grave” no seguimento do acidente.

De acordo com o secretário de Estado, a embaixada foi informada pela polícia local às 08:30 de hoje, sendo que o acidente aconteceu cerca das 04:00.

A Câmara de Faro já manifestou o seu pesar pela trágica ocorrência e informou que todas as atividades letivas nos estabelecimentos escolares do Agrupamento de Pinheiro e Rosa estão interrompidas até segunda feira, dia 13 de maio.

com Lusa

Verifique também

Sismo de magnitude 3,9 na escala de Richter a sul de Faro

Um sismo de magnitude 3,9 na escala de Richter foi sentido ontem entre Faro e …