Pub

Faleceu no passado dia 21 de dezembro, com 95 anos, João Pinto Dias Pires, empresário de construção civil, antigo autarca de Faro e ex-presidente do Sporting Clube Farense.

João Pires era o sócio número 1 do Farense, tendo sido presidente do clube entre os anos de 1969 e 1972. “Foi na época de 1969/1970 que, pela primeira vez, o Sporting Clube Farense subiu à Primeira Divisão”, recordou o clube em nota de pesar publicada.

“Para além desse marco histórico, João Pires foi o grande impulsionador da iluminação do Estádio de São Luis, desta feita como Vice-Presidente da CMF. Também foi determinante em alcançar o acordo entre a FPF e a CMF, disponibilizando o valor total da obra”, lembrou a direção do clube.

Natural de Faro, onde nasceu a 1 de janeiro de 1925, João Pires rumou a Coimbra para estudar engenharia civil, após ter frequentado o liceu. Veio depois a interromper os estudos a pedido do pai, necessitado de ajuda no negócio familiar da produção de vinhos. Iniciava assim o seu trajeto como industrial na área das bebidas.

Em 1992, a Câmara de Faro entregou-lhe a Medalha de Ouro da cidade. Em 2010, o Presidente da República, Cavaco Silva, distingui-o como comendador da Ordem do Mérito Industrial.

Como construtor edificou a Praça de Alhambra e a Praça dos Poetas, entre muitas outras obras. Colaborou sempre com a Igreja algarvia, contribuindo para a construção de diversos templos e para a realização de muitas atividades, obras e serviços.

Pub