Pub

Padre_nabais_pereiraFaleceu esta madrugada o padre José Nabais Pereira, que era capelão de Santa Luzia de Tavira desde 2001.

O sacerdote, de 83 anos, faleceu no Hospital de Faro, onde foi internado na passada terça-feira, vítima de doença prolongada do foro oncológico.

Em missiva enviada nesse dia ao clero algarvio, convocando os padres e diáconos para a Missa Crismal da próxima Quinta-feira Santa, o bispo do Algarve informava que o sacerdote acabava de “ser internado no Hospital de Faro, nos cuidados paliativos”, explicando que o mesmo se encontrava “numa situação muito frágil”. “Recomendo-o à vossa oração”, pedia D. Manuel Quintas.

O padre Nabais Pereira foi também o primeiro pároco da paróquia do Montenegro, paroquialidade que assumiu em 28 de setembro de 1997, dia em que o então vicariato, entregue até aí aos cuidados do padre António Manuel Martins, foi elevado a paróquia.

O sacerdote agora falecido, natural de Vale de Espinho, concelho de Sabugal (distrito da Guarda), foi ordenado a 11 de julho de 1954 na Diocese da Guarda, tendo sido, naquela diocese, coadjutor da paróquia de Nossa Senhora da Conceição e pároco da paróquia de Vila do Carvalho entre 1957 e 1967.

Foi depois enviado como missionário para o Brasil -, no contexto do pedido do Papa Pio XII na encíclica “Fidei Donum” de 1957 que solicitava às dioceses que disponibilizassem sacerdotes para missões católicas pelo mundo -, onde permaneceu durante largos anos até vir para o Algarve, tendo sido nomeado capelão do Carmelo algarvio, no Patacão (concelho de Faro), e vigário paroquial do Montenegro no dia 8 de setembro de 1997. No dia 27 desse mês foi nomeado pároco do Montenegro, continuando como capelão do Carmelo, funções que desempenhou até ao dia 28 de outubro de 2001, data em que foi nomeado capelão de Santa Luzia de Tavira.

O sacerdote, lembrado também pelos antigos paroquianos pela jovialidade e pelo gosto pelo desporto, em particular pelo futebol, na década de sessenta do século passado foi ainda professor de música da disciplina de Canto Coral na então Escola Industrial Campos Melo, na Covilhã.

Na Diocese do Algarve, o padre Nabais Pereira foi também membro do Conselho Presbiteral.

O corpo do sacerdote estará hoje, a partir das 18h, em câmara ardente na igreja de Santa Luzia de Tavira. Amanhã, pelas 10h, será realizado o funeral, com a missa exequial presidida pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas. Dali, o féretro seguirá para o cemitério de Tavira, onde o corpo do sacerdote será sepultado.

Pub