Pub

“O acesso à ilha de Faro e estrada interior estão degradados e os passeios, largos, rotundas e a própria estrada e acessos às casas, têm permanecido com muita areia, nalguns casos amontoada há largo tempo”, critica o líder do movimento CFC, e ex-autarca de Faro, José Vitorino, referindo que apesar dos temporais, a solução carece de uma ”intervenção rápida para retirar a areia”.

Na cidade de Faro e resto do concelho são em grande número as estradas, ruas e caminhos com buracos, piso irregular com desníveis muito perigosos e piso e bermas degradadas”, acusa José Vitorino, recordando que há semáforos avariados e descontrolados há várias semanas.

Em comunicado enviado hoje à comunciação social, José Vitorino afirma que se trata de “uma situação que entristece e envergonha os munícipes farenses, causa graves prejuízos à imagem da capital e provoca danos e problemas a automobilistas, peões e empresários”.

A Lusa tentou obter um comentário da Câmara de Faro sobre as críticas do movimento CFC, mas o presidente Macário Correia reitera que não faz comentários à oposição.

Lusa

Pub